A Loja do Condomínio (LDC) comemora este ano a maioridade – sendo 18 anos ao serviço da administração de condomínios em Portugal marcados por uma clara mudança do paradigma desta atividade no nosso país.

Em 2002, quando a marca nasceu, o setor utilizava ainda muito poucos recursos tecnológicos, o que se traduzia num forte constrangimento ao crescimento das empresas. Foi precisamente este o primeiro grande segredo do nascimento da LDC: uma forte base tecnológica que fez com que, ao fim de seis meses de atividade, a marca se tornasse líder de mercado – posição que continua a ocupar de forma destacada desde então.

Ao longo destes 18 anos, a LDC assegurou um claro investimento na inovação focada no serviço ao cliente, através de diversos fatores:

• Facilitação das formas de pagamento, com o aviso/recibo a chegar todos os meses à casa dos condóminos por correio ou via eletrónica, podendo hoje os clientes LDC pagar as suas quotas em qualquer caixa multibanco, por débito em conta, aos balcões dos CTT ou através de agentes PayShop;

• Sistema integrado de gestão de cobranças, que acautela todas as situações de incumprimento, contribuindo fortemente para a saúde financeira dos condomínios;

• Acesso por parte dos condóminos a toda a informação do seu condomínio através do website LDC, com o foco na transparência e na segurança da relação do administrador com os condóminos;

• Elevada inovação ao nível da oferta, com a disponibilização de serviço de assistência ao lar 24h por dia e 365 dias por ano, com médico ao domicílio com copagamento de apenas 10€ por parte dos condóminos e com um vasto leque de seguros associados, que vão desde a proteção jurídica ao seguro de incêndio de todo o edifício.

A LDC reconhece diariamente a importância de se garantir uma visão estratégica de cada edifício, pois é aí que reside, na maioria dos casos, o maior investimento das famílias. E foi exatamente neste sentido que a LDC iniciou a sua atividade, transformando esta intenção num movimento de mudança em todo o setor – e contribuindo para aquilo que hoje conhecemos: um setor mais robusto, com maior qualidade e que, ao longo dos anos, foi conquistando a confiança dos condóminos, sendo cada vez mais os condomínios com administração profissional.

Segundo Paulo Antunes, CEO da LDC, “para o futuro antecipamos um mercado de gestão e administração de condomínios orientado por uma muito elevada evolução tecnológica, com clientes que se encaixarão em gerações muito mais digitais e que se relacionarão de forma diferente, apresentando comportamentos de consumo também distintos. É precisamente para esse futuro que a LDC se encontra já a trabalhar, garantindo que continuará a entregar aos seus clientes o nível de serviço que eles desejam e necessitam”.

in pontosdevista.pt

ver artigo

Voltar