Terminado o segundo trimestre de 2017, foram já apuradas as lojas, que mais cresceram neste período – os quais correspondem, por ordem alfabética, às lojas de Alcochete, Paço d’Arcos, Portimão, São Marcos e Vilamoura.
O primeiro semestre do ano permitiu comprovar a dedicação dos franchisados que, de acordo com Paulo Antunes, CEO da LDC, “orientam mensalmente os seus esforços para o crescimento da marca e das suas lojas. Uma dinâmica apoiada pela expansão do mercado, sendo notório o crescimento do setor, que assenta no aumento da procura dos condóminos por uma administração de condomínios profissional.
Cada vez mais os clientes estão mais conscientes da importância de um condomínio bem organizado e mantido na valorização do seu património.”
Voltar