As novas regras do alojamento local, em vigor há seis meses, “não trouxeram mudanças relevantes” na relação com os condomínios, afirmou hoje o diretor-geral da Loja do Condomínio (LDC), empresa que administra 6.800 condomínios em Portugal, com 170.000 proprietários.
“A questão dos ”hostels” é um dos aspetos mais positivos da nova lei, mas, atendendo à raridade deste tipo de unidades, o seu impacto é muito pontual”, avançou à Lusa o diretor-geral da LDC, Paulo Antunes, revelando que, nestes seis meses, a empresa de administração de condomínios registou “apenas dois casos de pedido de instalação deste tipo de unidades e, nos casos concretos, foi em grandes cidades”.
Em causa estão as alterações legislativas ao regime de autorização de exploração dos estabelecimentos de alojamento local, que determinam que “não pode haver lugar à instalação e exploração de ”hostels” em edifícios em propriedade horizontal nos prédios em que coexista habitação sem autorização dos condóminos para o efeito”.
in www.destak.pt
Voltar