Por mais que sejamos apaixonados por animais, a verdade é que a sua vida em condomínio obriga a alguns cuidados. Os cães e gatos não podem, por exemplo, circular sozinhos nos espaços comuns do condomínio, devendo ser acompanhados pelo seu detentor. É ainda obrigatório o uso de coleira ou de peitoral, que deve ter identificado o nome, a morada ou o número de telefone do dono do animal.
No caso de cães perigosos ou potencialmente perigosos, eles devem ter açaimo funcional que não permita comer nem morder, circulando com a trela curta até um metro de comprimento fixa ao peitoral ou coleira.
Voltar