Nunca se devem misturar produtos de limpeza
Efetue a
sua pesquisa
Descubra uma
loja perto de si


Notícias

Esteja a par de todas as novidades sobre a Loja do Condomínio e sobre Administração de Condomínios

Nunca se devem misturar produtos de limpeza

Notícias do Condomínio

Visto: 1016 vezes
10 de Abril 2018
Nunca se devem misturar produtos de limpeza
A limpeza do condomínio é um tema recorrente e pertinente, já que, para além de ser uma garantia de higiene, promove o conforto e o bem-estar das pessoas que lá residem. No entanto, este é um tema que suscita por vezes algumas dúvidas – nomeadamente no que diz respeito à forma mais eficaz de limparmos e cuidarmos dos nossos prédios. Paulo Alves, responsável da empresa Orbivendas – especialista na área dos equipamentos e higiene profissional – defende que “a escolha de um detergente deve ter em conta alguns fatores, de entre os quais saliento: a natureza da sujidade, o material ou tipo de superfície a ser limpa e a forma de utilização ou aplicação”.

Segundo este profissional, o material da superfície a ser limpa é igualmente importante, já que, enquanto não existem grandes constrangimentos com a limpeza de mármores, granitos, pvc, borracha, grés ou mosaico, é necessário ter cuidado com pavimentos naturais, como a madeira, a cortiça ou o linóleo, que são sensíveis à alcalinidade ou acidez elevada, pelo que, na dúvida, devemos utilizar um produto neutro.

Paulo Alves defende, assim, que “o princípio mais elementar é que nunca se devem misturar produtos de limpeza. Se fosse necessário misturá-los, o fabricante já o teria feito. Por isso, cada produto deve ser utilizado individualmente. A mistura de produtos pode desencadear reações químicas indesejadas que vão desde a simples anulação de um pelo outro, até à emanação de gases nocivos para a saúde”.

  • Comentários Comentários a esta notícia ( 0 )

Pesquisar Noticias

Categorias

Tags

Notícias do Condomínio

Jornal

Nº 57 - ABR-JUN

Notícias do Condomínio